quinta-feira, 10 de março de 2016

AO BEIJA, A FLOR



um ser em camadas
que não dorme
audácia embalada
no seio do sonho
Palavra adocicada
na garganta
Éter,
degustada no céu da boca,
na textura a provar a língua...
A um salto dos lábios
e celebrar...

*Vera Lúcia Bezerra Freitas

Imagem Google
Página do Escritor
http://www.recantodasletras.com.br/poesias/5569514

Nenhum comentário:

Postar um comentário